Como dou início a um pedido de patente? – A importância da busca prévia e como ela deve ser feita

Como dou início a um pedido de patente?

Quando alguém cria algo, pressupõe-se que seja novo. No entanto, pode ser que já exista algo similar já protegido no Brasil ou em algum país do mundo, então uma busca prévia antes de depositar o pedido de patente é muito importante.

Uma patente é concedida apenas se representar efetivamente uma novidade para um segmento de mercado, independentemente do tipo de patente, se de Invenção ou Modelo de Utilidade, o que leva a necessidade de avaliar em que estado tecnológico está esse setor.

O papel da Pesquisa de Patentes é exatamente identificar o “Estado da Técnica” atual de um determinado setor.

Vale esclarecer que a novidade que o sistema brasileiro de patentes exige não é exclusivamente nacional, ao contrário é mundial. Dessa forma, não adianta ver algum produto ou método fora do Brasil e querer internalizar de forma exclusiva.

A busca prévia cuida de uma varredura em todas as patentes existentes e novos pedidos publicados, isso porque pode ser que a criação já exista e não seja de seu conhecimento, o que impossibilita o registro e consequentemente o uso exclusivo. Parece desapontador, mas certamente realizar a pesquisa garantirá economia de tempo e recursos financeiros.

Para departamentos de (P&D) Pesquisa e Desenvolvimento, a busca prévia é ainda mais relevante, o ideal é fazer um monitoramento contínuo do Estado da Técnica – conheça nosso radar tecnológico.

Como fazer uma boa Pesquisa e Busca de Patentes?

Busca Prévia

As bases de dados de patentes (nacionais e internacionais) são gratuitas e podem ser acessadas facilmente, o problema é como encontrar a informação dentro dessas verdadeiras bibliotecas.

Sempre faça a Pesquisa de Patentes em bases de dados internacionais, porque a esmagadora maioria das patentes (e novos pedidos) são concedidos e depositados internacionalmente.

Identifique as palavras-chave que descrevem a criação.

As palavras – chave serão utilizadas para realizar a pesquisa, descubra a tradução técnica delas, por isso que é extremamente importante listar em palavras-chave as características principais de sua invenção.

O mais adequado é reduzir sua invenção ao menor número possível de palavras-chave, isso irá tornar sua busca mais precisa.

Em síntese, se está falando de “sistema de direção autônomo para veículos de passeio e de carga guiado por GPS” faz sentido pesquisar palavras como “direção” e “autônomo”.

Patente Semelhante

Nem todas as criações podem ser patenteadas, apenas as que efetivamente trazem uma novidade para o setor, se a sua criação não possui essa característica, podem existir outras formas jurídicas de proteção.

Não vale a pena insistir em um pedido de patente que não atende os requisitos mínimos, se ao realizar a pesquisa descobrir que sua criação efetivamente não agrega nada novo ao conhecimento atual o mais adequado é não patentear.

Se você gostou desta matéria e precisa de mais informações sobre Patentes, leia também:

Patente de Invenção ou Modelo de Utilidade?

Como faço para fazer um depósito de patente?

Como escrever um bom relatório descritivo de patente?

Como posso patentear uma criação?

Para te ajudar a responder suas dúvidas sobre patentes, criamos um questionário prático e rápido!