A revista Nature publicou um ranking com as instituições que mais produziram pesquisas científicas entre 2017 e 2018

A revista Nature publicou ranking sobre instituições e suas pesquisas

Descubra quais instituições brasileiras aparecem no ranking feito pela revista Nature sobre pesquisas científicas realizadas entre 2017 e 2018.

A revista Nature, uma das revistas científicas mais conceituadas no mundo, publicou um ranking com as instituições brasileiras que mais produziram pesquisas científicas entre 2017 e 2018.

Vale mencionar que o ranking utiliza como fonte as revistas científicas monitoradas pela própria Nature.

Além disso, para que sejam contabilizadas, as pesquisas não precisam ter sido realizadas exclusivamente por integrantes daquela instituição, também são consideradas as pesquisas efetuadas por meio de parcerias entre pesquisadores de outras instituições.

A Universidade de São Paulo – USP é disparada a Instituição brasileira com mais publicações de pesquisas científicas, com cerca de 100 publicações a mais que a segunda colocada, a UNICAMP, com um total de 127 publicações.

As demais instituições mencionadas são:

  • Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ;
  • Universidade Estadual de São Paulo – UNESP;
  • Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações – MCTIC;
  • Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG;
  • Universidade Federal do ABC;
  • Universidade Federal da Paraíba – UFPB;
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte – UFRN;
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS.

 

A revista Nature publicou ranking sobre instituições e suas pesquisas

 

Os temas das publicações levados em consideração para elaboração do ranking pela Revista Nature são ciências do Planeta e do meio ambiente, Life Sciences, Física e Química.

 

A revista Nature publicou ranking sobre instituições e suas pesquisas

 

A revista Nature publicou um ranking com as instituições que mais produziram pesquisas científicas entre 2017 e 2018 1

 

O último ranking global de instituições publicado pela Nature refere-se ao ano de 2017. A USP ficou na posição 261.

O primeiro colocado, a Academia Chinesa de Ciências, teve 4088 pesquisas publicadas no ano, um número bastante expressivo se comparado a primeira colocada brasileira no ranking.

 

A revista Nature publicou um ranking com as instituições que mais produziram pesquisas científicas entre 2017 e 2018 2

 

No entanto, diante das dificuldades que as instituições científicas brasileiras estão enfrentando, o número de pesquisas publicadas é uma vitória.